CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

quinta-feira, 24 de julho de 2008


Preciso começar a pensar numa maneira de ter minha independência o mais rápido possível.É impressionante como nossos pais não entende que já somos adultos o suficiente para saber mos o que é certo ou errado da vida. Para eles não importa a idades que teremos, seremos sempre a criança indefesa que não conhece o mundo, e que eles são obrigados a pegar nas mãos para ajudar a caminhar...
Me irrita chegar em casa e ouvir ‘Menina isso são horas de você está chegando em casa...Parece até que é homem... Hoje são segunda-feira ainda...’ Nossa essas frases parece ser as preferidas da minha mãe, acho que escuto elas pelo menos umas 5 vezes por semana, isso porque estou de férias e a maioria dos meus amigos estão em suas cidades e não está tendo muitas festinhas, mais a partir de semana que vem, quando volta as aulas tenho a certeza que vou escutar essas frases todos os santos dias. Posso está sendo exagerada (como sempre sou), mas acho que minha mãe tinha que agradecer por eu está chegando em casa bem, ao invés de ficar reclamando... Vivemos num mundo tão violento que até mesmo aqui em Itaperuna que é uma cidade do interior as coisas estão ficando cada vez pior. Sinceramente não entendo até quando essa super-proteção vai durar... Preciso pensar rápido! Já não estou agüentando essa proteção tamanho família em minha vida... Preciso ser livre, preciso quebrar a cara, preciso conhecer o mundo... só assim poderei dizer que tenho a Liberdade que tanto lutei por ela.



“Liberdade, essa palavra
que o sonho humano alimenta
que não há ninguém que explique
e ninguém que não entenda.”




Beijos para todos...

no momento estou a sua espera!

6 Comentários:

Dih da Pâhzinha... disse...

Olhja eu só queria saber a tua idade!!!
Garanto que tu nao tem nem 18 ainda!
EU consegui minha "independencia" aos 14, mas comigo foi diferente!!!

http://www.avidanobeco.com/

Sentimentos Escondidos. disse...

É como acontece o mesmo, mas eu só ainda 17 anos , mas sabe eu prefiro ter toda essa proteção dos meus pais , do que não ter.
Pense bem nisso .

Beijos.

Carlos disse...

primeiro a carreira profissional...e abrir as asinhas depois ne....boa sorte

Nina disse...

Já sofri um bocado com isso... mas aos poucos, eles foram se acostumando...

Bruna Bo disse...

Meu pai me irrita com a desconfiança. E eu nunca dei motivos para isso...

Adorei os seus textos. Parabéns pelos posts! :)

Zé do Cão disse...

Não zanga comigo, não?
Pillar, você só entenderá a protecção que papás lhe querem dar, no dia em que for mamã.
Tenho a certeza que você os adora...
E pode ter a certeza que eles, quais felinos assanhados, tudo farão para a proteger e sofrerão se algo de mau lhe acontecer.
Você para eles, será sempre a sua menina. Veja com que carinho as suas fotografias estão espalhadas pelos móveis da casa. Quantas saudades matam quando as contemplam.
Pillar, os meus cabelos são brancos, o meu espírito é jovem, tenho dois meninos de 26/27 anos, o mais velho é médico num Hospital de Coimbra-Portugal, e o outro vai dia 2 de Agosto para a Finlandia, zona bem perto da Lapónia (terra de Papai Noel). Pelo Natal vou visitá-lo, se Deus deixar.
Ser Pai ou mamãe é a coisa mais bela do mundo e dar-lhe protecção é nossa obrigação.
E como somos felizes por fazê-lo. Os seus são assim igual a todos....
A única coisa que quero dizer é que eles gostam muito, muito de si.
Todavia, eu também pensava como você, quando tinha 18/20 anos.
Um beijo grande